vidaslife seguidoras

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Caio Fernando de Abreu.

Dizem:" Que o tempo muda tudo."
Não é verdade.
Fazer coisas é o que muda algo.
Não fazer nada, deixa as coisa do jeito que eram.


Tento me concentrar numa daquelas sensações antigas como
alegria ou fé ou esperança.
Mas só fico aqui parado, sem sentir nada, sem pedir nada, 
sem querer nada.

( Estou voltando aos poucos, meus amigos e peço perdão por tanto tempo afastada.)

8 comentários:

Poemas Tecidos disse...

Bela postagem... Sim, volte com calma, respirando fundo, sem pressa, sem querer abraçar tudo de uma vez. Sim volte aos poucos, com equilíbrio.

Abraços.

Anamaria disse...

Que bom que você está de volta!beijos, seja benvinda!

Sayuri Okamoto disse...

Ah Caio F. Abreu é sempre Caio não é mesmo....

Sabedor das coisas sensatas ♥

beijos

Arnoldo Pimentel disse...

Esse poema é lindo. Saudades de vocês amigos.Beijos

SolBarreto disse...

Adoro Caio
Excelente escolha!!

Lilá(s) disse...

Saudades...
Bjs

Graça Pereira disse...

O regresso, faz-se sempre com uma alma nova! Eu acredito!
Mil beijos.
Graça

Cristiane disse...

"A união faz a força e juntas somos mais que vencedoras!"