vidaslife seguidoras

terça-feira, 26 de julho de 2011

Devaneios

As lembranças me visitam,
minha mente é que te busca
sentimentos inebriantes
da tua boca, de tuas mãos.
Neste quarto que me aquece
chego mesmo a te querer
onde andas, já nem sei
o que fazes? Me esqueceu!
Sinto falta de você,
de mãos dadas nós vivíamos
à procura do prazer.
Tuas marcas tu deixastes,
sinto o corpo todo arder
tu que só com o olhar me tinha
em teus braços eu tremia,
era eu toda alegria.
E agora o que fazer
onde andas eu não sei
com certeza me esqueceu!
Nesta estrada a caminhar
 os pensamentos vaõ e vem
e teimosos quer ficar.

Roseli

7 comentários:

Martinha disse...

Bonitas palavras, embora carreguem a tristeza da ausência. Que essa ausência seja quebrada rapidamente. :)

Marcia disse...

Belissimo poema! vim deixar um bjo!

ONG ALERTA disse...

A verdade da vida, beijo Lisette.

Elaine Regina disse...

É, mas eu não a esqueci, amiga! :)

E sobre o poema... de devaneios eu entendo bem... risos...

Desculpe-me pelo big sumiço. Sumi mesmo. Estava precisando ficar afastada da blogosfera...

Olha, ainda não voltei oficialmente. Só resolvi colocar um post muito especial hoje e rever os amigos que fiz.

Beijão!

Maria disse...

Amiga lindissimo poema, tem dias em que nos apetece divagar.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Elaine Regina disse...

Poxa, muito obrigada, vidaslife. Obrigada mesmo por ter tido o carinho e a consideração de ir me ver. Beijos no coração!

Flor de Lótus disse...

Bom dia!A gente devaneia mesmo,mas tem horas que é preciso encarar a realidade e ver qeu muitas vezes nos apaixonamos não pela pessoa,mas pela ilusão que criamos em cima dela...
Um ótimo começo de semana!
Beijosss